Mercado varejista e inteligência de dados: 4 formas de aplicação

4 formas de aplicar a inteligência de dados às estratégias do mercado varejista

A inteligência de dados é uma das principais ferramentas que surgem para o mercado varejista no contexto marcado pela transformação digital em diversas esferas. 

Ela usa dados do negócio, de forma que eles possam ser analisados para gerar insights relevantes para o planejamento de ações futuras. Esse fluxo é feito a partir da integração com sistemas complexos que conseguem extrair, organizar e interpretar um grande volume de informações.

Neste texto, explicaremos como a aplicação desse conjunto de técnicas no varejo possibilita:

  • A compreensão aprofundada do comportamento do consumidor;
  • A antecipação de tendências;
  • A fidelização de clientes.

Pricing

A inteligência de dados pode ser utilizada na compreensão da sensibilidade do cliente ao preço. Ao acrescenta-la no processo de precificação, compreende-se a percepção de valor sob a ótica de cada cliente. Além disso, é possível identificar como cada aspecto influencia na composição do preço do produto ao longo do tempo.

Dentro do conjunto de personas do seu negócio, existem os que são mais duros na hora da decisão de compra e analisam cada centavo e também os que são flexíveis e que utilizam outros critérios na decisão. A verdade é que ao considerar as variações de preço x valor x mercado x público e adotar uma estratégia de pricing, você pode maximizar a captação e a fidelização de clientes.

Definir o preço ótimo para cada consumidor requer levar em conta todas as informações que explicam o contexto. Nesse sentido, a inteligência de dados pode ser uma ferramenta robusta para arquitetar estratégias que saibam avaliar o comportamento do cliente, bem como sua forma de perceber valor. 

Compreender a elasticidade do preço da mercadoria traz uma nova visão sobre preço e demanda, e assim possibilita um aumento da rentabilidade. Uma boa estratégia de pricing considera também os contextos internos e externos ao negócio, por isso, os dados são aliados tão fundamentais. 

Segmentação de clientes

A segmentação permite que você compreenda hábitos, locais visitados, perfil e torne a sua interação mais significativa e o seu relacionamento com seus clientes mais personalizado. 

De antemão, ressaltamos que, ao conhecer e explorar o perfil que se relaciona com a sua marca, a satisfação e uma relação duradoura são aspectos que se estabelecem. Dessa forma, a adoção da segmentação de clientes traz inúmeros benefícios aos setores de marketing e vendas.

O conhecimento do perfil do consumidor contribui na entrega assertiva ao cliente. Comunicação personalizada, produtos ou serviços que refletem a necessidade do público e a utilização de canais aderentes à sua realidade – atributos que geram confiança e vínculo entre cliente e marca. A fidelização acontece de maneira genuína e estratégica.

Em suma, a segmentação de clientes é uma estratégia que cria vantagens competitivas, torna o direcionamento das ações da marca mais assertivo para o público e oferece um panorama mais claro sobre o perfil do consumidor.

Redução de Churn no mercado varejista

A forma como a empresa se relaciona com seus clientes é um dos fatores determinantes na saúde e vida do negócio. Um dos pilares mais importantes dessa conexão é ter a capacidade de identificar quando um cliente está propenso ao churn. Isso pode ser explicado porque, na maioria das vezes, o custo de retenção de um cliente pode ser menor quando comparado ao custo de aquisição.

No contexto do mercado varejista, o churn é silencioso e pode ser identificado a partir da mudança no seu padrão de interação com o seu produto. Alguns fatores podem indicar um churn futuro, como por exemplo: interesse por um concorrente e mudanças no padrão de vida do cliente.

Antecipe suas ações de retenção e construa relacionamentos duradouros, atue de forma proativa e elimine potenciais fricções.

Propensão à compra

Se por um lado a inteligência de dados possibilita a identificação de pessoas propensas ao churn, por outro, aponta quais os possíveis clientes mais propensos à compra de determinado produto. Dessa forma, podemos indicar os produtos corretos de acordo com o perfil do cliente e maximizar sua chance de rentabilização.

Aumente sua conversão  e invista recursos com mais assertividade ao focar em clientes ou potenciais clientes que tenham maior probabilidade em adquirir os seus produtos. A inteligência de dados permite que você conheça os perfis, otimize suas estratégias e realize novos negócios.

Soluções de inteligência de dados para o mercado varejista

Para aplicar essas estratégias de inteligência de dados no mercado varejista, a melhor opção é contar com um time de especialistas, tecnologia de ponta e muito conhecimento técnico e de negócio. 

Nesse sentido, a Cinnecta surgiu para gerar valor na lacuna existente entre a quantidade de informações geradas diariamente e o que realmente te ajuda a compreender o comportamento do seu cliente e a promover experiências cada vez mais personalizadas, seguras e humanas.

Ao transformar informações em estratégias, você precisa observar além dos dados. Definir as fontes adequadas para gerar inteligência e insights aplicáveis é o que realmente vai diferenciar a sua empresa.

Dê o primeiro passo rumo à melhor aplicação da inteligência de dados aqui

Confira outros conteúdos sobre inteligência de dados:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe aqui o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *