Por que é importante calcular o LTV Potencial?
Conheça o nosso lançamento: cinnecta ltv

Entenda como a pandemia impactou o comportamento dos consumidores brasileiros

Certamente, as mudanças que a pandemia trouxe impactaram diretamente o comportamento dos consumidores e criaram desafios e oportunidades para as empresas. 

Ao olhar para a história, observamos que algumas crises alteraram os sistemas econômicos e de saúde, outras o modo com que lidamos com a higiene e com as relações interpessoais.

No contexto atual, entendemos que a covid19 mudou de forma permanente diversos hábitos e necessidades da população brasileira. Por isso, os especialistas da Cinnecta, a partir da inteligência de dados, realizaram um estudo que mostra as principais tendências de consumo advindas desse processo.

Inteligência de dados e método de coleta

Para consolidar esta análise, foi utilizada a ferramenta Customer Trends, desenvolvida pela Cinnecta, para fornecer um overview do cenário, dos públicos e de diferentes mercados de atuação.

Nesse sentido, foi possível mapear interesses, mudanças de hábitos, preferências e comportamentos predominantes entre os brasileiros.

Dessa forma, para estabelecer padrões de comparação entre o momento pré-pandemia e entender o impacto desse contexto, nós comparamos o período de Fevereiro de 2020 a Março de 2021. 

Comportamento dos consumidores

Em primeiro lugar, comparamos o crescimento do interesse dos brasileiros em categorias do mercado de serviços financeiros, serviços financeiros digitais e perfil digital, dentro do período analisado. Posteriormente, avaliamos as diferenças segmentadas por classe social e por região do país em cada categoria. 

Conheça o estudo completo: Insights Cinnecta: 1 ano de pandemia no Brasil

Perfil digital

O perfil digital corresponde à utilização de serviços como pagamentos digitais, utilidades digitais, delivery, entre outros. 

No período analisado, o perfil digital no Brasil cresceu 12,7% e atingiu o percentual de 58,2% em março de 2021. 

A imagem mostra as mudanças no comportamento dos consumidores durante a pandemia.

 

A região Norte teve um aumento de 18% em perfil digital

Assim sendo, os estados do Brasil que se destacam nesse aspecto são: Espírito Santo, com 75,8%, Distrito Federal, com 68,5% e Rio de Janeiro, com 64,7%. 

O Espírito Santo, estado com maior perfil digital, foi um dos que se destacaram no crescimento desse hábito desde o momento pré-pandemia, pois registrou um aumento de 25,8%. Além disso, outros estados que cresceram bastante em perfil digital foram o Acre, +30,6% e o Alagoas, +23,6%. 

Dentre as regiões do país, as que têm maior perfil digital são Sudeste (62,4%) e Sul (56,5%). No entanto, as regiões que mais cresceram no último ano foram Norte, com aumento de 18%, e Nordeste, com aumento de 12,7%.

Na análise por classe social, entendemos que o contexto de pandemia acelerou a digitalização das classes mais baixas, que obtiveram os maiores aumentos em perfil digital na comparação. A classe baixa cresceu 23,1% e a classe média, 19,3%. 

As classes alta e média alta, por sua vez, seguem com o maior perfil digital, com 68,7% e 61,5%, respectivamente.

Comportamento dos consumidores: setor financeiro

Os hábitos financeiros dos brasileiros foram muito impactados no primeiro ano de pandemia. Principalmente, pela impossibilidade de comparecer fisicamente em agências bancárias e o aumento das compras pela internet impulsionaram essas mudanças. 

Além disso, iniciativas como o Auxílio Emergencial e o PIX impactaram a realidade brasileira ao trazer os desbancarizados para o sistema financeiro formal e facilitar a realização de transações online. 

Conheça o estudo completo: Insights Cinnecta: 1 ano de pandemia no Brasil

Serviços financeiros digitais

Nesse cenário, os serviços financeiros digitais cresceu 23,7% no Brasil entre fevereiro de 2020 e março de 2021 e chegou a 42,3% de interessados no país. 

Estes são, em sua maioria, pertencentes às classes baixa e média, que apresentam 46,3% e 43,3% de interesse, respectivamente. A classe média teve um dos maiores aumentos em serviços financeiros digitais no período, com +20,4%. Por outro lado, a classe média alta ultrapassou a classe média em crescimento e obteve +20,9% no período.

Ademais, ao observar o recorte por regiões do país, vemos que o Nordeste possui a maior proporção de interessados em serviços financeiros digitais, com 46,9%. No entanto, a região Sudeste tem o maior número absoluto de usuários. 

As regiões brasileiras com maior aumento nesse interesse durante a pandemia foram o Norte, +33,9% e o Sudeste, +24,4%. 

Nos estados do Brasil, os que possuem mais interesse em serviços financeiros digitais são:

  • Rio Grande do Norte: 50,7%
  • Ceará: 50,3%
  • Distrito Federal: 49,5%
  • Alagoas: 48,5%
  • Bahia: 47,2%

Bancos tradicionais

O interesse em bancos tradicionais é o mais alicerçado entre os brasileiros e chegou a 83,7% em março de 2021.  

Dentre as classes sociais, o interesse se apresenta da seguinte forma:

  • Alta: 90,8%
  • Média alta: 87,9%
  • Média: 83,8%
  • Baixa: 77,4%  

Além disso, o maior crescimento no período foi registrado na classe baixa, de 3,2%.

Nas regiões do Brasil, enquanto o Centro-Oeste tem a maior proporção de interessados em bancos tradicionais, a região Sudeste tem o maior número absoluto de usuários e a região Norte registrou o maior crescimento no período comparado, de 4,3%.

Pagamentos digitais

Com a adaptação ao contexto e aos novos hábitos impostos por ele, os pagamentos digitais passaram a gerar mais valor para usuários que ainda não tinham adotado a prática de realizar esse tipo de transação financeira digital. 

Sendo assim, ao analisar o grande crescimento nesse interesse, acreditamos que esse aumento é uma tendência que veio para ficar e que este hábito ganhará cada vez mais importância para os consumidores.

Entre fevereiro de 2020 e março de 2021 foi registrado um aumento de 39,6% no interesse em pagamentos digitais no Brasil, um avanço de 25,7% para 35,9%. 

No recorte por classe, nós observamos que os interessados pertencem, em sua maioria, às classes baixa e média, que registram 37,5% e 37,9%, respectivamente. Além disso, a classe média registrou o maior aumento no interesse em pagamentos digitais no período, com +43,2% e foi seguida pela classe média alta, +38,6%.

Ademais, dentre as regiões do país, o Sudeste se destaca ao possuir o maior interesse em pagamentos digitais, com 37,7% e um dos maiores crescimentos registrados no período, de +46,2%. 

A região que desbanca o Sudeste no aumento do interesse em pagamentos digitais é a região Norte, que cresceu impressionantes 48,4% no aspecto durante a pandemia. 

Na comparação realizada, o crescimento do interesse em pagamentos digitais foi muito expressivo em diversos estados. Os maiores aumentos registrados são:

  • Acre: +67,8%
  • Amazonas: +67,5%
  • Rio de Janeiro: +60,7%

Conheça o estudo completo: Insights Cinnecta: 1 ano de pandemia no Brasil

Investimentos

Ao avaliar a variação do interesse em investimentos, podemos realizar análises significativas no recorte por classe. 

Tanto no registro de fevereiro de 2020 quanto de março de 2021, a classe alta apresentou o maior interesse em investimentos, com 15,8%. Além disso, registrou o maior aumento no período, de +10,3% e a classe baixa aumentou 8%, sendo a segunda maior.

No extrato por região, o Sul e o Sudeste do país possuem o maior interesse em investimentos, com 9,4% em março de 2021. 

Ademais, os municípios que registraram os maiores crescimentos no interesse em investimentos durante a pandemia foram:

  • São Gonçalo
  • Vila Velha
  • Duque de Caxias

Inteligência de dados como aliada em momentos de crise

Os tempos de crise, instabilidade e dificuldades sócio-econômicas são grandes propulsores de mudanças no mundo.

Assim, algumas crises alteraram os sistemas econômicos e de saúde, já outras modificaram a forma que lidamos com o trabalho e com as relações interpessoais. 

Nesse sentido, a inteligência de dados é aliada na superação de crises e na implementação de recursos que permitem um melhor e maior entendimento dos públicos. Portanto, quando bem analisados, auxiliam na leitura do contexto e na elaboração de soluções de valor.  

Dessa forma, a inteligência de dados considera mais que a combinação de informações e abarca a ciência e o cenário que lhe é imposto. 

Para saber mais, assista ao webinar – Inteligência de Dados em Cenário de Riscos e Incertezas  com o COO da Cinnecta, o Data Science Director da Localiza, o CDO e Data Protection Officer da Digio e com a mediação de Vinícius Braz (Endeavor).

Insights Cinnecta: mudanças da pandemia no comportamento dos consumidores

Os especialistas da Cinnecta reuniram dados ainda mais completos em um estudo que analisa as mudanças no comportamento do consumidor um mês e um ano após o início da pandemia. Acesse o material.

Se quiser conhecer mais sobre a nossa plataforma, fale com um especialista!

Descubra como ter melhores resultados em suas campanhas na Black Friday

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email