Análise de Crédito - A influência dos aspectos comportamentais

Análise de crédito e a influência dos aspectos comportamentais

Em um contexto instável, a análise de credito deve ser ainda mais minuciosa. Então, como melhorar o credit scoring?

O termo “novo normal”  já é utilizado para elucidar e tratar desse cenário que temos vivenciado por causa do novo coronavírus. Diversos aspectos e dimensões sofreram impactos e nos ajustamos para encarar toda essa dinâmica que nos abarcou. Lidar com medidas de isolamento, adaptar ao home office, integrar formas distintas de fazer negócio e adequar as relações fazem parte do “novo normal”.

Dada a pandemia e a incerteza do momento, o Banco Central anunciou a desaceleração do crescimento global e a maior volatilidade em ativos financeiros. Estudos apontam também o aumento de 40% nas solicitações de crédito, – efeito dos depósitos compulsórios – e abordam também a necessidade de adequar e transformar de mercados.

Todas essas mudanças nos indicam a necessidade de conhecer bem os públicos e de entender como a sazonalidade e a conduta das pessoas influenciam o sucesso do negócio em meio à crise, sobretudo quando abordamos a concessão de crédito. Mas como diferentes fatores podem contribuir com sua empresa e aperfeiçoar essa análise?

Entender as diferenças para saber como agir

Atender expectativas e entregar valor, torna-se ainda mais desafiador em tempos de crise. O contexto modifica as prioridades de consumo e ressignifica os objetivos – tanto das empresas, quanto das pessoas. Nesse momento, ter a sensibilidade de lidar com diversos perfis de clientes e com suas necessidades é o que vai te ajudar a consolidar relações e a estabelecer novos pontos de contato. 

fonte: freepik

Pesquisas da McKinsey apontam que 80% dos consumidores acreditam que a personalização é muito importante. Esse fato, atrelado à ciência de que “marca forte é aquela que satisfaz as expectativas e desejos dos clientes”, só reforça o quão crucial é estar atento às singularidades de seus públicos.

O que esperar para o pós covid-19? 

Além das consequências sanitárias, a crise provocada pelo coronavírus irá modificar as lógicas social, de mercado e de consumo. Observam-se previsões como a realizada pela Fundação Getúlio Vargas, que relata um provável aumento da taxa de desemprego em até 17,8% até o fim do ano, bem como é perceptível, também, os impactos em muitas empresas.

De acordo com o SEBRAE, apenas 6,6% entre os tipos MEI, microempresas e organizações de pequeno porte não mudaram sua lógica de funcionamento após o covid-19. Entre elas, 54,9% alegaram precisar de pedir crédito para evitar demissões, mas que apenas 11% das solicitações foram atendida . 

A partir desse cenário, empresas de concessão de crédito têm um papel importante que deve ser assumido com prudência – para mitigar riscos – e responsabilidade, a fim de contribuir com a melhora da situação financeira de milhares de pessoas. Entretanto, como você pode aprimorar a análise de crédito com base no comportamento do cliente sem comprometer a estrutura da sua empresa?

Ainda que a execução seja complexa, a resposta é fácil: use os dados a seu favor.

A inteligência de dados e inovação na análise de crédito

Em qualquer cenário, o consumidor espera que você o enxergue sob a ótica de suas necessidades. Mas o que isso significa?

Isso quer dizer que ele sempre irá esperar ofertas que sejam coerentes às suas predileções e com o contexto que ele está inserido. Tal fato não muda quando abordamos a concessão de crédito.

Num momento de crise, como a atual, a rapidez dos acontecimentos e das mudanças é muito superior a um período normal. Esse cenário volátil, pede a atualização constante de informações, o uso de ferramentas que aprendam em tempo real e de insumos que te indiquem a hora e o momento certos de agir. Afinal, esses detalhes permitem que sua empresa avalie os riscos na hora de conceder crédito.

Portanto, segue algumas dicas para aprimorar a análise credit scoring em meio à crise:

Apenas a inadimplência não determina um cliente

A grande maioria das pessoas não está confortável diante de um contexto de endividamento. Ter em seus históricos algum registro de inadimplência nem sempre os definem como um risco para sua empresa. Nesse quesito, os dados e a combinação de hábitos contribuem para que você entenda o perfil do solicitante e que não perca a chance de fechar um negócio.

Veja o valor de cada indivíduo

Já abordamos esse tópico em blog posts anteriores e ele sempre se vem à tona porque é crucial lembrar que cada pessoa se comporta a sua maneira, Logo, a forma que você aborda cada uma delas e entende como ela se porta nesse “novo normal” influencia na percepção e na relação que elas terão com seu negócio – sobretudo em momentos sensíveis. 

Conheça bem seu mercado de atuação e avalie os riscos

Ações que funcionam para um mercado, podem não ser aplicáveis em outros. Isso vale para as empresas e também para a manutenção das relações com os clientes.

Para elaborar regras na hora de conceder crédito, avalie o contexto, mas tenha como base singularidades do seu setor. 

Tenha soluções focadas no seu modelo de negócio

Os dados são os principais agentes quando falamos em especializar e personalizar. Então, a precisão da concessão se relaciona com o uso de soluções que são alimentadas em real time e que se aperfeiçoam com constância.

Em suma, o equilíbrio entre atender os públicos e não correr riscos está centrado no uso de dados para a identificar e combinar de padrões, bem como para avaliar o contexto e diminuir os impactos negativos em sua empresa. 

Ainda que tudo tenha se modificado, em meio à pandemia, ainda é possível afirmar: as pessoas se comprometem com empresas que satisfazem seus desejos e que sabem a hora certa de agir.

Saiba como o uso de dados pode te ajudar na análise de crédito, conheça nossa solução ciaaS. Por meio da combinação e análise de dados, te oferecemos insumos para a criação de ações assertivas – a partir de insights em real time. Maior precisão e menor risco.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe aqui o seu comentário

Uma resposta

  1. Boa abordagem! Bem relevante informar das alterações provocadas no cenário empresarial devido à situação atual, além de reforçar ideias que não mudam, quanto à relação empresa-cliente. Ótima apresentação das estatísticas e ligação com estudos relacionados. Os principais pontos nos quais empresas devem se focar foram destacados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *